quinta-feira, 7 de dezembro de 2006



Visite, na Biblioteca, a exposição
«A Outra Metade da Ciência»,
que chama a atenção para o contributo da mulher no progresso científico e tecnológico, com especial incidência no séc. XX.


até 13 de Dezembro

quarta-feira, 29 de novembro de 2006

RECEITA PARA SABER ANDAR DE SKATE

Ingredientes:

  • 1 Mau skater
  • 1 Skate
  • Bons ténis
  • Paciência
  • Muita persistência
ficha técnica:

Custo: muito elevado

Grau de dificuldade: muito difícil

Tempo de preparação: isso depende

Para: quem quiser

PREPARAÇÃO:

1º Passo: vais em busca dos ténis perdidos na “Terra do Nunca”, assim que os encontrares, viras na rua ao teu lado esquerdo e compras q.b. de paciência e muita persistência. Pegas num amigo que tenha a mania que é craque e no seu skate. Metes tudo na misturadora e juntas um pouco de leite e as frutas de que mais gostas e bebes tudo.
2º Passo: vais experimentar a tua poção mágica, caso não tenha funcionado, pegas no livro de reclamações da loja onde compraste o produto e queixa-te !!!!!!!!


Renato Duarte

Nº 26 8ºE

RECEITAS PARA FAZER UM ALUNO INTELIGENTE A PARTIR DO 5ºANO


Ficha técnica:

Custo: médio

Grau de dificuldade: super fácil, desde que o seu colega aceite…

Tempo de preparação: 8 anos

Para: alunos preguiçosos e pouco inteligentes a partir do 5º ano

Ingredientes:


1 aluno preguiçoso

1 colega muitíssimo inteligente

8 anos de paciência

72 livros escolares (9 disciplinas para 8 anos de escolaridade)

Preparação:

Junte o inútil ao agradável, ou seja, adicione ao aluno preguiçoso o aluno inteligente e leve-os ao lume, durante cerca de 8 anos. Bata os livros e junte-os ao seu preparado. Depois de 8 anos ao lume saíram 2 alunos qual deles o mais inteligente.

Inês Fernandes, nº 14, 8ºE


sábado, 25 de novembro de 2006

8º ano - ESTUDO ACOMPANHADO

RECEITAS PARA ...

Receita para ser famoso


Ficha Técnica

Custo: Médio

Grau de dificuldade: Alto

Tempo de preparação: Alguns anos

Para: Quem quer ser famoso

Ingredientes

-uma boa dose de força de vontade

-talento q.b.

-500g de esforço inesgotável em pó

-100g de bastante trabalho

-sorte (a que conseguir arranjar e de preferência em pó)

Preparação

Ao descobrir o seu talento e vontade de se tornar famoso deve junta-los numa taça com bastante trabalho. Adicione o esforço inesgotável e mexa até ficar homogéneo. Junte a sorte em pó. A sorte é um ingrediente que não pode faltar, pois pode trazer muitos sucessos. Beba a mistura calmamente. Convém ir a muitas festas importantes, aparecer em revistas e conviver com pessoas conhecidas. Se não resultar, não perca a força de vontade de concretizar o seu sonho.

Precauções a ter

Não se deve portar mal em público, pois não convém ficar famoso por motivos errados.

Efeitos secundários

Tendência para cometer algumas extravagancias.

Joana Reis Pereira

8ºE, Nº17

Receita para ser uma Pessoa Divertida

Ficha Técnica:

Custo: Abaixo de zero.

Grau de Dificuldade: Depende, para algumas pessoas pode ser elevado.

Tempo de Preparação: O que for preciso para se divertir todos os dias.

Para: Pessoas sem sentido de humor, contraídas e excessivamente preocupadas.

Ingredientes:

  • 1kg de Boa Disposição
  • 500 g de Relaxamento
  • 1 kg de Descontracção
  • 100 g de Despreocupação
  • Uma boa dose de Diversão!

Preparação:

Acorde de manhã sem estar chateado(a). Não desanime em alturas más, esteja sempre divertido em todo o lado, sem abusar.

Junte todos os ingredientes muito bem, bata-os com a batedeira e espalhe, como se fosse um creme, em todo o corpo da pessoa em questão.


Sebastião Dias, 8º E, n.º 27

quinta-feira, 9 de novembro de 2006

DESPERTA SÁBIOS

CONCURSO

Objectivos:

· Valorizar e apreciar a Língua e a Literatura Portuguesas

· Utilizar a Língua Portuguesa no respeito das regras do seu funcionamento

Tema: A Língua e a Literatura Portuguesas – 3º Ciclo

Destinatários: Alunos do 3º Ciclo (7º, 8º e 9º anos)

Inscrições: até 7 de Dezembro de 2006, na Biblioteca

Calendário:

1º Período: 14.12.06, às 11:55, no Auditório José Saramago

2º Período: última semana de aulas

3º Período: última semana de aulas

Tipologia das provas: Perguntas de resposta rápida (verdadeiro/falso e escolha múltipla) sobre conteúdos de gramática e literatura leccionados no período lectivo correspondente.

Júri: Equipa coordenadora da biblioteca

Em cada período, serão apurados para a fase seguinte os alunos que obtiverem 70 ou mais pontos na prova.

Prémios:

1º Mp3

2º Pen

3º Livro

domingo, 29 de outubro de 2006

MUSEU CALOUSTE GULBENKIAN HOMENAGEIA REMBRANDT (1606-2006), 30 e 31 de Outubro


Segundo Carlos Couto Sequeira Costa, a obra de Rembrandt constitui “um vertiginoso caleidoscópio de fluxos e de imagens, que vai da potência do teatro e do auto-retrato ao espaço interior, do barroco intensivo ou contido à explosão da luz e da sombra, do pulsar da paisagem à intemporalidade do rosto, ou do visível ao invisível da imagem”.

POEMAS OBJECTOS - diálogo entre a poesia e os materiais

Exposição de trabalhos dos alunos de Oficina de Artes, 12º E












segunda-feira, 23 de outubro de 2006

DIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES - TEXTOS PREMIADOS

Vais ficar “apanhado” por este livro

O meu livro preferido chama-se “apanhados da bola” e foi escrito por Michael Coleman, que já escreveu vários outros livros cómicos. Este livro fala sobre futebol, mas de uma forma bastante engraçada. O livro fala sobre vários assuntos acerca do futebol, ligas, campeonatos, os estádios, as regras, os desastres na história do futebol e as alterações que foram feitas no futebol até aos dias de hoje.
Este livro agrada-me porque o autor foi capaz de falar sobre o futebol de forma cómica, mas ao mesmo tempo verdadeira, o que é espectacular. Esse livro faz parte da colecção “Cultura Horrível”, que também já publicou outros livros deste género, tais como:
“Cuspidelas Terrestres”, “Vómitos Artísticos”, “Abana o capacete”, “Os Gregos Baris” e “Uma Gaáxia Marada”.
Aconselho os meus amigos a lerem este livro, porque, como já mencionei antes, é muito divertido, e fala sobre o futebol, um assunto que interessa a muitos, se não forem todos, mas especialmente aos que praticam futebol nos tempos livres, ou mesmo na escola, porque se lerem o livro, vão reparar que quando jogarem, farão o que está escrito no livro, mas de uma forma diferente.

João Rocha
7ºC


O Principezinho

Foi há alguns anos, tinha começado a ler o : Principezinho. Acho que foi a minha primeira leitura a sério.
A princípio acheio infantil e fiz uma pausa na sua leitura. Fui incentivada e recomecei. Tentei compreendê-lo melhor e encontrei uma mensagem muito profunda escondida no meio das palavras.
O Princepezinho era um menino que andava em viagem pelo espaço e em cada planeta que parava, espalhava e ensinava o que era a amizade. Fez muitos amigos e trouxe a alegria a todos, os que conheceu.
É um livro que já voltei a ler, e em cada leitura percebo melhor a impotância que o autor, Antoine du Saint-Éxupery, dá à amizade.
Ao contrário do que possam pensar, não é um livro nada infantil, pelo contrário, é preciso uma mente mais adulta para compreendê-lo.
Achei um livro espantoso , uma leitura obrigatória para todos.
Porque não experimentas? Podes requisitá-lo na biblioteca da nossa escola.

Catarina Martins O’Neill
8ºH

terça-feira, 10 de outubro de 2006

DESPERTA SÁBIOS




Só para quem gosta de falar bem e escrever melhor!

Consulta o Regulamento e inscreve-te na Biblioteca.



Prémios:
1º - MP3
2º - Pen
3º - Livros

-Com a colaboração da Associação de Pais-




DOMENICHINO
The Cumaean Sibyl

domingo, 27 de agosto de 2006

Provérbios de Agosto

















Em Agosto aguilhoa o preguiçoso.
Em Agosto toda a fruta tem seu gosto.
Nem em Agosto caminhar, nem em Dezembro marear.
O mês de Agosto será gaiteiro, se for bonito o 1º de Janeiro.
Por Santa Maria de Agosto repasta a vaca um pouco.
Primeiro de Agosto, primeiro de Inverno.
Quando chove em Agosto, não metas teu dinheiro em mosto.
Quem não debulha em Agosto, debulha com mau rosto.
Sê em Agosto cuidadoso e aguilhoa o preguiçoso.
Tardes de Agosto, passam de encosto.

quarta-feira, 21 de junho de 2006

DESPERTA SÁBIOS


De Chirico



8º Ano Turma B - Ana Catarina Perpétuo- 1º lugar
9º Ano Turma B - Adriano Carvalho- 1º lugar
Pedro Guerra - 2º lugar
Pedro Primo - 3º lugar

segunda-feira, 12 de junho de 2006

Esteve Exposto na Biblioteca







Um conjunto de trabalhos realizados no 1º Semestre da disciplina de Artes & Ofícios do Professor António Palma.

domingo, 28 de maio de 2006

REMBRANDT- 400 ANOS



Rembrandt Harmenszoon van Rijn (1606-1669), o maior pintor holandês do século XVII.

Rembrandt faz 400 anos. Está vivo, como sempre, e Amesterdão está de parabéns!
Celebra-se com exposições temáticas, em vários museus, tanto no Rijksmuseum, como no Museu Van Gogh, há concertos com música do tempo de Rembrandt, edições de catálogos e de produtos de investigação e os inevitáveis e infindáveis produtos de consumo.

sábado, 20 de maio de 2006

Parabéns


José Luandino Vieira é o vencedor do Prémio Camões 2006.

O mais importante galardão literário da Língua Portuguesa, no valor de cem mil euros, foi-lhe atribuído no dia 19 de Maio.
Luandino Vieira, 71 anos, é «uma voz originalíssima na literatura de língua portuguesa» e o «trabalho de recriação» do português «viria a influenciar gerações de escritores» em Angola e nos outros países de língua portuguesa, considerou o Júri.

Luandino Vieira, que reside actualmente em Portugal, já publicou dez títulos de ficçäo, entre os quais «Luuanda», «No Antigamente, na Vida», «Macandumba», «Vidas Novas», «A Cidade e a Infância».

Em Novembro, a editora portuguesa do escritor, a Caminho, publicará um novo romance de Luandino Vieira, «O livro dos Rios», o primeiro de uma trilogia intitula da «De Rios velhos e Guerrilheiros».



segunda-feira, 15 de maio de 2006

Está em exposição na Biblioteca




Maquetas de um projecto de Redesign de um Objecto.

Alunos do 9º Ano orientados pelos professores Lourdes Sendas e Rui Branco

domingo, 7 de maio de 2006

Um Dia Feliz!!!





Mãe, Querida Mãe!
Luísa Ducla Soares [texto] • Pedro Leitão [ilustrações]


Falar do nossa mãe ou do nosso pai, sobretudo quando ainda somos crianças ou adolescentes, é um acto de afecto. Mas também pode ser um gesto de ternura, em que se mistura o amor filial e o humor.

Este livro é um óptimo exemplo de tudo isto. E é também um presente inesquecível.

segunda-feira, 24 de abril de 2006

25 de Abril















Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo



O Nome das Coisas de Sophia de Mello Breyner Andresen

domingo, 23 de abril de 2006

Livros para a vida-23 de Abril


Há livros que nunca esquecemos, que perduram na memória como referências para toda a vida. Ler um bom livro é um acto singular, que nos desperta um sem número de sensações, nos aviva sentimentos e que muitas vezes nos faz identificar com o autor, partilhando com ele as mais variadas emoções.




PAULO FEYTOR PINTO
(Presidente da Associação de Professores de Português)




Enciclopédia Focus
Os quatro volumes que constituem a Enciclopédia Focus, editada pela Livraria Sá da Costa entre 1964 e 1968, foram livros que me acompanharam durante toda a minha infância. A eles recorria para esclarecer dúvidas pontuais do quotidiano familiar e/ou escolar, mas também, por vezes, dedicava algumas horas a ler umas quantas páginas seguidas (quase como quem lê a lista telefónica).

O Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos
Este clássico da literatura infanto-juvenil brasileira foi o primeiro romance que li na íntegra. Na verdade, não fui eu que o li, mas sim a minha mãe, em voz alta, para todos os cinco filhos sentados, deitados, encostados à sua volta, na cama. Todos chorámos "baba e ranho" ao ouvir a histórias do Zezé e do seu Manuel Valadares, o portuga taxista.

Cada Homem é uma Raça, de Mia Couto
Este livro de contos constituiu para mim um reencontro com Moçambique e a descoberta de uma nova língua portuguesa, livre, plástica, inovadora, só possível num escritor que conheça bem as regras da língua-padrão e que, ao mesmo tempo, se consiga delas distanciar. Este livro tornou-se numa entrada no mundo das outras literaturas lusófonas e do realismo fantástico.

EDUCARE-O PORTAL DE EDUCAÇÃO

Dia do Livro


A acção deste livro decorre em 1506, durante o reinado de Dom Manuel, monarca tristemente célebre pela sua acção de expulsão e baptismo forçado dos judeus portugueses. Esta é a saga de uma família e de um crime inexplicável num ambiente magnificamente recriado por Richard Zimler.
Sugestão de Telma Pereira-8ºE

quinta-feira, 30 de março de 2006

ALMEIDA GARRETT


O Sonho representou "Falar a Verdade a Mentir"

Foi um sucesso!

A representação teatral a cargo da Companhia "O Sonho" deslumbrou-nos com o seu entusiasmo e arte.

Agradecemos a todos os Professores que nos acompanharam e elogiamos o comportamento exemplar e cívico dos alunos das nove turmas, do 8º Ano.
É sempre um prazer estar convosco!

Sinopse:
Duarte é um jovem peralvilho, mentiroso compulsivo, apaixonado de Amália e esta dele.
Amália é filha do Sr. Brás Ferreira, comerciante do Porto.
José Félix, ladino e imaginativo, é criado do General Lemos;
Joaquina, esperta e ladina, é criada de Amália.
Se o Sr. Brás Ferreira apanhar Duarte numa mentira, lá se vai o casamento com Amália.
De modo que todo o enredo da peça consiste em tornar verdade as mentiras que Duarte inventa, uma atrás da outra.
Falar Verdade a Mentir é, de facto, uma imitação de Le Menteur Véridique, de Scribe.

2ª Eliminatória do DESPERTA SÁBIOS

PARABÉNS AOS VENCEDORES!!!


Ana Catarina Perpétuo-8ºB
Adriano Carvalho-9ºB
Pedro Guerra- 9ºB
Pedro Primo-9ºB

segunda-feira, 27 de março de 2006

Esteve em Exposição na Escola



















Trabalhos sobre o Ponto do 7º Ano
dos professores: Isabel Brito e António Pedro.

sábado, 25 de março de 2006

Dar voz à Poesia

No Barreiro
Conferência sobre Bocage assinala Dia Mundial da Poesia

A Universidade da Terceira Idade do Barreiro (UTIB), assinalou o Dia Mundial da Poesia com uma conferência, a cargo do professor doutor Daniel Pires, sobre a vida e a obra de Bocage.

Daniel Pires referiu Bocage como um “caso particular da cultura portuguesa e, mesmo, mundial”. Peças de teatro e filmes sobre a sua vida, discos com a sua poesia e poemas seus musicados, hinos e uma opereta em sua homenagem, poemas com base na sua personalidade e numerosa iconografia confirmam esta afirmação.
A grande popularidade de Bocage mostra que o poeta é, sem dúvida, “uma figura paradigmática da nossa literatura e da nossa cultura”. No entanto, o professor chamou a atenção para a necessidade de “reformular a imagem deturpada de Bocage e divulgar a sua obra”.

Na sessão foi dada uma visão abrangente da vida e da obra de Bocage, nomeadamente da sua estadia na Índia, em Macau e do seu regresso ao reino. Foi também abordada a sua passagem pela Academia das Belas-Letras, a sua prisão e a forma trágica como morreu aos 40 anos. A iniciativa incluiu ainda a leitura de alguns poemas do autor.

Rostos

23 - 3 - 2006
13:14

FESTA DA PRIMAVERA -26 de Março

Na Festa da Primavera, o CCB abre as suas portas durante todo o dia para dezenas de actividades lúdicas em diversos espaços do centro, interiores e exteriores, começando este ano com um mercado de artesanato da região do Minho, no Jardim das Oliveiras.

O programa dos festejos também inclui um Mercado de Flores & Fruta, sessões de yoga e taichi no Jardim da Água, actuações da Banda de Sapadores Bombeiros, do Quarteto de Cordas de São Roque e do Quarteto Euforia, que irão interpretar obras de Viana da Mota e Mozart.

Durante a tarde, os belgas «D`Irque & Fien» apresentam o espectáculo de circo «Oh Suivant!» com acrobacias, malabarismos e música sempre em interacção com o público.

A partir das 14:00, o grupo Canto D`aqui irá interpretar música tradicional portuguesa de todas as regiões do país e a meio da tarde está previsto um baile na tenda do CCB com música tocada pela Orquestra da Felicidade.

O grupo Teatro da Rainha apresentará a peça «Médico à Força», de Moliére, na Praça do Museu, e atrás da tenda será apresentado ao final da tarde o espectáculo «Secret», pelo grupo francês «Cirque Ici», com ciência e poesia.

Os ateliers e oficinas vão ter actividades de confecção de tranças e gargantilhas, fotografias pintadas, contos, pintura de andorinhas e dramaturgias.

Portugaldiário

sexta-feira, 24 de março de 2006

Viva a Primavera!!


“Quando a Primavera chegou, vestida de luz, de cores e de alegria, olorosa de perfumes sutis, desabrochando as flores e vestindo as árvores de roupagens verdes, o Gato Malhado estirou os braços e abriu os olhos pardos, olhos feios e maus.
(…) Assim vivia ele quando a Primavera entrou pelo parque adentro, num espalhafato de cores, aromas, de melodias. Cores alegres, aromas de entontecer, sonoras melodias.
(…) Como fugir e esconder-se quando a Primavera chegava trazendo consigo a doçura de viver?”

Jorge Amado, O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá: uma história de amor

segunda-feira, 13 de março de 2006