segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Semana das Ciências II

A Biblioteca e  a Ciência marcaram encontro.....um encontro inspirado no programa da RBE - Newton gostava de ler!  Pretende-se desta forma fomentar o gosto pela leitura e ao mesmo tempo promover a cultura científica.


A atividade intitulava-se as palavras também têm pH e os alunos do 10º D empenharam-se muito... e os trabalhos e participação foi muito boa. Estão todos de Parabéns!

Tudo começou a leitura do conto " A noite em que prenderam o pai natal" do livro Fronteiras Perdidas, de José Eduardo Agualusa



O Francisco e a Beatriz  leram muito bem....


O excerto que faz a  ligação com a atividade prática ( tanto para a Biologia como para a Físico-Química foi:
"No mesmo instante, atrás dele, acendeu-se uma acácia, na esquina, e Pascoal viu a senhora, a sorrir para ele, flutuando sobre o lume das flores. O polícia não pareceu dar por nada.
- Velho sem vergonha - gritou. – Vais dizer-me o que levas nesse saco?
Pascoal sentiu que a sua boca se abria, sem que fosse essa a sua vontade, e ouviu-se a dizer:
 - São rosas, senhor.
O polícia olhou-o confuso:
- Rosas? O velho está cacimbado…
Deu-lhe uma chapada com as costas da mão. Tirou a pistola do coldre, apontou-a à cabeça dela e gritou:
- São rosas? Então mostra-me lá essas rosas!
O velho hesitou um momento. Depois voltou a olhar para acácia em flor e viu outra vez a senhora sorrindo para ele, belíssima, toda ela uma festa de luz. Pegou no saco e despejou-o  aos pés do guarda. Eram rosas, realmente  - de plástico.
Mas eram rosas.”

Rosas....


 A Inês Pinho,  o João Vasco  e a Mafalda Chalaça  apresentam um rosa fabulosa


 e escreveram um texto muito bonito  sobre rosas :

“ A rosa não é uma flor igual a todas as outras… Quando gostamos de uma pessoa pensamos sempre que a rosa é a flor mais indicada para ser dada pois é uma flor subtil e gentil que descreve bem o sentimento que temos por alguém e a beleza que conseguimos ver nessa pessoa. Os olhos não vêem o que o coração não sente e ao darmos uma rosa a alguém estamos sempre, bem ou mal a demonstrar o nosso carinho por essa pessoa. Pode ser uma rosa a pedir perdão ou a demonstrar paixão.”
foram apresentados alguns powerpoint com  o trabalho de investigação para verificar sea rosa fornecida tem todos os constituintes básicos de uma flor:
outro exemplo do excelente trabalho do 10ºD ...
Depois  foram   estudar as substâncias ácidas  e básicas  .... materiais estavam na Biblioteca...
e os alunos   explicavam os seus conhecimentos sobre os ácidos fracos, como o vinagre e o sumo de limão e os ácidos fortes, como o ácido sulfúrico...
As pétalas de rosa têm na sua constituição antocianinas e, portanto o seu extracto funciona como um indicador de pH
Sendo o extracto das pétalas  de rosa  um indicador de pH e conhecendo as cores exibidas  em função do pH, é possível determinar o carácter  ácido ou básico do vinagre, bicarbonato de sódio  e do limpa-vidro ( mais conhecido durante a experiência ... por Lavax)



A equipa da Biblioteca agradece a todos os alunos do 10º D e um agradecimento especial pela dedicação, empenho e disponibilidade das professoras Isilda Silva e Ana Carneirinho.
Estão todos de Parabéns!

2 comentários:

João Paulo Proença disse...

Muitos parabéns!

Conseguiram fazer articulação numa área em que se costuma dizer que é difícil fazer trabalho em conjunto!

Juntar leituras e tubos de ensaio parece-me muito bem!

Parabéns

João Paulo Proença

Blogue da Biblioteca da Escola Secundária de Bocage disse...

Obrigada pelas tuas palavras.

O empenho, a disponibilidade e a sensibilidade dos colegas foram, são essenciais para arealização das atividades.

Júlia